Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

1949, construção da "Ponte Nova".

 

 Estavamos em final dos anos 40, o Estado Novo tinha os cofres cheios de dinheiro, então, Salazar, com a "válida desculpa"- Livrei-vos da guerra( II Guerra Mundial), mas não vos livro da fome- foi, por vezes a muito custo, deixando fazer algumas obras, esta Ponte é uma das obras típicas do Estado Novo. Até à data, 1952, da inauguração desta importante obra, Chaves, apenas tinha uma possível atravessia, era pela velha Ponte Romana, o que já nesta época sería já insuficiente, foi dado a esta Ponte o nome do então Ministro das Obras Públicas, Engenheiro Barbosa Carmona.

publicado por hpserra às 15:28
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2007 às 18:23
Não está certa a informação que é dada sobre o nome da ponte que refere. O eng.º Barbosa Carmona não era ministro das Obras Públicas nem, como muita gente julga, parente próximo do Marechal Carmona. Foi funcionário superior desse ministério, acompanhava o ministro Duarte Pacheco quando este perdeu a vida num desastre de automóvel e foi ele o principal negociador entre a Câmara Municipal e o banqueiro Sotto Mayor quando lhe foram cedidas, para exploração, as águas das Caldas que muita gente desconhece que , em 22 de Maio do ano de 1947, as nossas Cldas estavam abandonadas e despresadas pelo poder local o que levou o Conselho Superior da Direcção Geral de Minas e Serviços Geológicos a oficiar à Câmara de Chaves o seguinte: « ... fica a Câmara Municipal notificada de que vai esta Inspecção de Águas propôr ao Governo que lhe seja retirado o direito e concessão conforme determina o número um do artigo sessenta e quatro do Decreto número quinze mil quatrocentos e um.» Mais adiante diz:« Tenho pois a honra de propor a Vossa Excelência que, ao abrigo do determinado pelo número um do artigo sessenta e quatro do Decreto número quinze mil quatrocentos e um, seja considerada abandonada a nascente das Caldas de Chaves. ( Incursões Autárquicas - Firmino Aires, pg 390) Em 1948 a Câmara inicia as conversaçõe com o banqueiro Sotto Mayor no sentido de lhe dar a concessão de exploração em troca de obras de captação e hoteleiras . Em 26-5-48, em Lisboa, no gabinete do Director Geral de Minas o então Presidente da Câmara, Alferes Manuel Maria Cantista, o Comandante José Francisco Correia Matoso, genro do banqueiro que com o Sr. Engº. João Alberto Barbosa Carmona representavam o Sr. Sotto Mayor, tendo secretariado a reunião o Sr. José Cândido Jordão de Paiva Manso Serrano. (Op. cit. pg 395) Muito mais havia a dizer sobre este - e outros problemas - da nossa terra que têm sido adulterados, a meu ver, sem nada que o justifique. Apenas acrescentarei que um das cláusulas da Câra no contrato com o Sr Sotto Mayor, foi: « que fosse facultado o uso de águas e inscrição gratuita não só aos indigentes como também aos pobres do Concelho de Chaves». (Op. cit pg. 396). Ainda aproveito a oportunidade para consultar esta obra do recentemente falecido Senhor Firmino Aires e os jornais da época. Dá trabalho mas... esclarece. Um abraço de incentivo para que continuem a dedicar-se à nossa terra.
Pizarro Bravo


De Fer.Ribeiro a 25 de Fevereiro de 2007 às 19:02
Bem-vindo o seu regresso ao convívio, espero que recuperado e a 100%, como bem-vindos são os seus comentários, sempre oportunos e a repor a verdade que às vezes nos falha. Em nome do Chaves Antiga, obrigado e volte sempre.


De Anónimo a 26 de Fevereiro de 2007 às 15:01
Agradeço ao Amigo F. Ribeiro as palavras amáveis. Estou ainda muito a baixo dos 100%... mas já dá para aqui vir matar saudades. Um abraço. Pizarro Bravo


De Joaquim Pires Ferreira a 30 de Junho de 2007 às 01:00
Só há bem pouco tempo, tive conhecimento da existência deste Blog, neste momento fiquei abalado por através deste tomar conhecimento da morte do meu velho e bom amigo Sr. Firmino Aires. Espero que Chaves saiba reconhecer o trabalho por ele desenvolvido, deixando a lição para que outros continuem o seu trabalho, o que pelo que felizmente podemos constatar está a acontecer.
Joaquim Pires Ferreira


De qb a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:01
A Título de curiosidade,contava o meu pai que, precensiando, aquando da construção da Ponte Nova, o encarregado da obra evitou uma tragédia.
Apercebendo-se de uma eminente derrocada da estrutura, chamou um a um, pedindo-lhes calmamente que lhe trouxessem determinada ferramenta. Assim, sem que aqueles dessem por nada conseguiu tirar de lá cerca 5 ou 6 operários. Passados alguns minutos foi a derrocada.
Será que alguém recorda este facto?


Comentar post

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

. O livro “Azulejos da Egre...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds