Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

"Os Tigres", Jardim Público, decada de 1960.

                                                                          

 

                                                           "Mini-Tigres"

 

 

Jardim Público meados da década de 1960, as famosas verbenas em noites de Verão, no tambem famoso palco de madeira semi improvisado mesmo ao lado do Coreto, "Os Tigres" uma das várias bandas pop-rock que surgiram em Chaves nos loucos "sixties". O sucesso deste grupo era tal que até um grupo de miudos lá para bandas das ruas do Tabolado e 28 de Maio (hoje 25 de Abril) resolveram imitar os seus ídolos ( foto de baixo). Quando á indentificação dos "Tigres" será relativamente fácil, quanto aos "Mini", "ChavesAntiga" sabe o nome deles, e apenas um é flaviense residente, o da direita, quem será esse puto?

publicado por hpserra às 19:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Cédula de 2 centavos, Câmara Municipal de Chaves.

 

A atual grave crise económica que o nosso País atravessa, tem sido comparada à epoca do pós-25 Abril de 1974, mas há um outro período, 1910-26, que  de maneira nenhuma lhe fica atrás, ao ponto de as câmaras municipais emitirem papel-moeda. A Implantação da República, em 5 de Outubro de 1910, provocou a fuga em grande escala de grandes quantidades de dinheiro e metais preciosos para o estrangeiro por parte de famílias exiladas, mais a participação na I Guerra Mundial, e ainda o caos provocado pela fragamentaçãp do Partido Republicano em várias fações, mergulhou Portugal numa crise, que segundo a opinião dos historiadores, criou as condições ideias ao surgimento do Estado Novo (Ditadura Fascista) na Revolução de 28 de Maio de 1926. Pensamos que esta cédula de 2 centavos será  da década de 1910, no mandato do General Ribeiro de Carvalho.

publicado por hpserra às 09:59
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

A Gallinheira - Chaves Portugal

 

.

 

Mais um postal colorido da edição Tipografia e Papelaria Mesquita de Chaves precisamente com um dos locais mais emblemáticos das recordações da cidade de Chaves, com aquela que era a praia da cidade… só falta mesmo a barca, embora na imagem apareça uma embarcação.

 

Quem não se lembra da Galinheira!?

 

Postal gentilmente cedido por C.M.

publicado por Fer.Ribeiro às 02:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Liga dos Combatentes da Grande Guerra

 

Cerimónia evocativa da I Grande Guerra, organizada pela Sub-Agência de Chaves da Liga dos Combatentes.

O militar fardado, ao centro, é Carlos Palmeira (ver recorte de jornal no post anterior), editor do Anuário de Chaves, publicado durante a década de 1950, autor de duas narrativas sobre a I Grande Guerra e membro da direcção da Sub-Agência de Chaves da Liga dos Combatentes.

Final da década de 1940, início da década de 1950.

 

publicado por blogdaruanove às 11:13
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Sábado, 25 de Abril de 2009

O isqueiro atómico do Maximino Vilanova - Chaves de 1946

 

.

 

Se nos quisermos deleitar com a nossa Chaves antiga é só dar uma vista de olhos pela imprensa dos inícios e meados do século passado, pois além desses jornais fazerem história, encontramos neles curiosidades como a que hoje vos deixo aqui, publicada no Jornal Comércio de Chaves, de Quinta-Feira, 6 de Junho de 1946, e cujo director era Júlio Xavier Júnior. A exploração dos termos átomo e atómico, um ano após o lançamento da 1ª bomba atómica também entrou nas vidas civis e no comércio, como neste caso do Isqueiro Atómico, comercializado em Chaves por uma das casas comerciais mais importantes de Chaves na altura a “Casa Maximino Vilanova” desde sempre conhecida pelos isqueiros e até pelas pedras de isqueiro mas também por produtos mais nobres como o “Presunto de Chaves”, do genuíno.

 

Repare-se no preço do isqueiro, que para a época era um valor considerável e que só a titulo de curiosidade poderia pagar a assinatura do jornal onde foi publicado durante mais de dois anos.

 

E para terminar, o nosso ausente Humberto Serra está quase como novo e tal como o isqueiro atómico, em breve acenderá por aqui a sua chama, sem pedra, sem gasolina e sem roseta, contra a chuva, contra o vento e contra tudo…

 

publicado por Fer.Ribeiro às 15:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

Largo do Anjo - Inícios do sec. XX

 

.

 

Mais um das caras do Largo do Anjo, reproduzido em imagem numa edição de postais coloridos da Tipografia e Papelaria Mesquita de Chaves.

 

De salientar que ao longo dos tempos este largo sofreu várias alterações, no entanto o seu casario ainda hoje mantém a sua velha traça quase inalterada, à excepção do edifício que então funcionava como Escola Central para o sexo masculino e mais tarde veio o Liceu de Chaves.

 

Deixamos também por aqui a título de curiosidade o verso do mesmo postal.

 

.

 

.

 

E agora um aviso à navegação:

 

O Humberto Serra  (Beto) tem sido o postador de serviço neste blog. Infelizmente e por razões de saúde vai estar afastado da blogosfera por uns dias (quer neste, quer nos seus blogs pessoais). Não estranhem portanto a ausência dele, pois apenas será temporária.

 

Da nossa parte, desejamos-lhe rápidas melhoras.

 

publicado por Fer.Ribeiro às 01:08
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
Domingo, 19 de Abril de 2009

Chaves na Década de 1940

 

Fotografia tirada da Estrada de Braga, nas vizinhanças da Azenha do Agapito.

Note-se a ausência da Ponte Nova e do aterro que actualmente estabelece ligação entre essa ponte e a rotunda do Caneiro e da Avenida D. João I. 

 

publicado por blogdaruanove às 15:26
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Rua de Sto. António, década de 1920.

 

 

Uma bela imagem da Rua de Santo António da década de 1920, as diferenças são quase totais, exceto aquela varanda que ainda hoje lá se encontra, a FOTO RIVIERA, que nesta altura tinha outro nome, assim como a primitiva CASA LOPES,  e a publicidade às máquinas de costura SINGER.

 

publicado por hpserra às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Colégio Nª Sra. da Saude, 3ª & 4ª classe do ano letivo 1973-74.

                        

 

Uma bela e invulgar relíquia fotográfica dum grupo de alunos do antigo Colégio Nª Sra. da Saude, atual  Escola E B 2, 3 Dr. Francisco Gonçalves Carneiro, precisamente do ano da Revolução de 25 de Abril de 1974, tal como título do artigo indica, eram os meninos da  3ª e 4ª Classe. Este estabelecimento de ensino privado era da Família Grosso, e por volta do ano de 1977(?) foi vendido ao Estado.

 

Foto gentilmente cedida por João Junqueira.

 

 

 

 

 

publicado por hpserra às 22:20
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

Grupo Desportivo de Chaves, II Divisão Zona Norte, epoca de 1983-84.

 

Esta é a equipa do Desportivo de Chaves da epoca de 1983-84, um plantel composto ainda como alguma prata da casa, José Duque, Carlos Areias, António Borges, Quim Sanches, Diamantino Brás, José Joaquim(g.r.)..., mais os experientes Raul Águas, Paulo Rocha, Mundinho, outra curiosidade desta equipa era o marroquino Noureddine(ex-Lusit. Évora), talvez o primeiro futebolista magrebino a jogar em Portugal. Esta temporada ficou marcada por duas (2) mudanças de treinadores, Santana, Mários Morais, e a partir da 16ª jornada, Álvaro Carolino. Vizela* e Desportivo de Chaves andaram a epoca inteira numa espécie de "taca-a-taco", tendo no final os vizelenses subido à I Divisão, 1º lugar, ficando o Desportivo em 2º lugar e consequente participação na Liguilha juntamente com o Marítimo, Peniche e Penafiel, participação essa que foi muito modesta, último lugar, a subida ficaría para a época seguinte, e tambem através da Liguilha.

 

* Na 27 ª jornada, disputou-se o jogo Vizela-Desp.Chaves, este encontro, ficou marcado por incidentes nas bancadas entre adeptos dos dois (2) clubes.

publicado por hpserra às 07:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

Antigo estabelecimento comercial, "Lopes".

 

Durante pelos menos quatro (4) décadas a casa "Lopes", foi dos estabelecimentos comerciais mais importantes de Chaves, mas o seu período aureo talvez tenha sido nas decadas de 1950 e 1960, nesses tempos era a vanguarda da moda, não esquecendo um estabelecimento seu comtemporaneo tambem muito importante  que era o "Sarmento". Tal como indica a publicidade, tinha duas (2) lojas, e eram muito próximas uma da outra. Havia uma expressão na gíria flaviense, que eram as conversas da esquina do "Lopes", recordam-se?

 

 

publicado por hpserra às 22:32
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

Pastéis de Chaves

 

Em complemento ao texto sobre Chaves, do médico e escritor brasileiro Afrânio Peixoto (Júlio Afrânio Peixoto, 1876-1947), reproduzido por Fernando Ribeiro na passada sexta-feira (http://chaves.blogs.sapo.pt/376042.html), publica-se hoje o cartão profissional da proprietária da pastelaria contemporânea do autor.

 

Filha de Feliciano José Teixeira e Teresa Vilaça Teixeira, dona da então extensa e conhecida Quinta da Feliciana, Teresa de Jesus Teixeira (1879-1957) foi a proprietária da pastelaria entre as décadas de 1920 e 1950.

 

É possível que a fama dos pastéis de Chaves tenha tido maior repercussão nacional, e internacional, como o texto de Afrânio Peixoto comprova, a partir do momento em que António Óscar de Fragoso Carmona (1869-1951) se tornou presidente da República (1926-1951).

 

Não tendo nascido em Chaves por mero acaso, Carmona sempre afirmou as suas raízes flavienses (aliás, essa ligação não terá sido alheia à elevação de Chaves a cidade, em 1929). Além disso, desposou Maria do Carmo Ferreira da Silva Fragoso Carmona (1879-1956), uma flaviense que nasceu na Madalena e teve também residência no Largo do Anjo.

 

Sempre que se deslocava a Chaves, Madame Carmona, como era cerimoniosamente tratada, frequentava a pastelaria de Teresa de Jesus Teixeira, a qual passou então a fornecer também a presidência da República.

 

publicado por blogdaruanove às 00:42
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

Zé Braga, engraxador & vendedor de jornais.

 

A História não é feita apenas por eruditos, as pessoas do "povo", tambem são figuras marcantes, e o "ChavesAntiga" já aqui fez referência a bastantes chamadas figuras típicas da nossa cidade. Hoje recordamos aqui o popularíssimo Zé Braga, engraxador no Arrabalde, pela tarde, com um saco de jornais ao ombro, lá  ia ele pelo centro histórico com um cantarolar típico de ardina para ganhar mais uns tostões, e aos domingos, em dias de futebol, era o animador cultural no Estádio Municipal, ostentanto uma enorme bandeira do Desportivo, um bem haja para ele, onde quer que esteja.

publicado por hpserra às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. De “Almanaque de Chaves” ...

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds