Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Vestígios da Barragem Romana da Abobeleira, Valdanta.

 

 

 Inexplicavelmente ou não, pouco se sabe acerca deste importante Monumento da Epoca Romana, era apartir daqui que era feito o abastecimento de água à então Aquae Flavie, e repare-se, que entre outras coisas, no possível traçado do Aqueduto desde a Abobeleira até Chaves, foi/era  uma obra de um certa envergadura para  a Epoca, e ainda a area que a Albufeira abrangia.  A sua degradação, não se sabe se foi causada pela perda de importância e seu consequente abandono, ou então alguma causa natural como um abalo sísmico de uma certa intensidade, conclusão: este Monumento não tem merecido  muitas atenções da parte dos historiadores e arqueólogos, daí as muitas dúvidas acerca deste tema.

 

 

publicado por hpserra às 16:15
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De J. Pereira a 14 de Maio de 2008 às 10:35
Pois é Beto. Eu não sou mais que um curuiso que goata da sua terra e não tenho grande vocação para a "História", mas tenho-me interessado em procurar algo que me diga alguma coisa sobre esta obra e sabe qual é a única certeza: - NADA.
Lamento, mas acho que a Câmara e a Junta de Freguesia deveriam encontar quem os ilucidasse sobre o assunto e cadastrasse a obra. Obrigado pelo trabalho de recolha e divulgação.


De A.Cruz a 14 de Maio de 2008 às 14:12
Na década de 80, o que resta da Barragem, foi limpa, tanto a barragem em si como os seus acessos, por por um grupo de Jovens se não estou em erro, pela Câmara Municipal, com orientação do Prof.Comonero , um arqueólogo Espanhol que gosta da nossa Terra.
Eu próprio participei nessa acção. Penso no entanto que se poderia fazer algo mais. Para além da limpeza, a sinalética, tanto no terreno, como em prospectos que identificassem o local para a sua visita!
Hoje, parece-me que o mato e as silvas tornaram-na inacessível !


De hpserra a 14 de Maio de 2008 às 14:38
Estas fotos, embora pareçam muito antigas, serão talvez desses anos 80, aquando da intervenção de que o A. Cruz fala no anterior comentário. Tenho ideia que não serão muitos os vestígios deste género no nosso País, mais uma razão para não se ostracizar este invulgar Monumento.


De riolivre a 16 de Maio de 2008 às 23:40
O grande problema não está no facto de poder ser um dos poucos, ou até o único caso deste género no País. O problema, amigo Humberto, é que esta barragem não está em Lisboa. Nem sequer lá perto.


De A.Cruz a 14 de Maio de 2008 às 17:50
rectifico, Prof.Colmonero


De J.Gomes a 17 de Maio de 2008 às 11:47
Esta barragem, fica na proximidade do Casino de Chaves e foi alvo de levantamento arqueológico no âmbito da construção do mesmo.
Contudo desconheço o conteudo desse estudo, mas posso afirmar sem qualquer dúvida que existe e que a autarquia terá conhecimento e se não tem é por desinteresse já que ele deve constar no arquivo do IPAR.

Cumps


Comentar post

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

. O livro “Azulejos da Egre...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds