Domingo, 10 de Setembro de 2006

Panfleto de 1863

manifesto.jpg


Como o texto da imagem não está muito perceptível, reproduz-se a seguir na íntegra:


         O estado de abandono e esquecimento a que tem sido votada esta feracissima província de Traz-os-Montes, e muito especialmente o concelho de Chaves, pelo que diz respeito a viação publica , os clamores geraes dos povos d’este concelho que reclamam a uma só voz a realisação d’esses melhoramentos, tantas vezes decretados, tantas vezes prometidos quantas illudidos, quasi ludibriados, incitaram alguns habitantes da villa de Chaves a reunir-se em assembleia preparatória para accordar nos meios legaes a empregar para requerer e obter do governo de Sua Magestade a construção das estradas que liguem esta villa e concelho com o paiz, e n’essa reunião, que teve lugar no dia 29 de Março do corrente anno, foram eleitos os abaixo assignados, como commissão preparatória, a qual entendeu que devia convocar uma grande reunião, composta das pessoas influentes d’este concelho, a fim de que, em assembleia geral se delibere definitivamente o que convém fazer para que os justos clamores d’este concelho sejam uma vez ouvidos e attendidos pelo governo.


        É necessario que o concelho de Chaves se erga como um só homem e que, usando do direito que lhe garante a lei fundamental, reclame o quinhão que lhe pertence em troco dos sacrificios que até aqui tem feito e de que o resto do paiz tem gosado em tão larga escalla para uns quanto illusoria e negativa para este concelho.


        E sabendo os abaixo assignados quanto V. E(…) se interessa na prosperidade deste concelho, teem a honra de rogar a V. E(…) se digne comparecer nesta villa e casas de (telegrafo!?) ás 12 horas do dia 19 para o fim indicado.


        Chaves 13 de Abril de 1863


                  Ignácio Pizarro de Moraes Sarmento,                              


                                            Presidente.


                 Antonio José Pereira Coelho,


                                           Vice-presidente


                 Eduardo José Coelho,


                                           Secretario.


                  Antonio da Silva Bravo e Carvalho,


                                          Vice-secretario.


                  Antonio José Gomes Pereira,


                                         Thesoureiro.


                 Antonio José Antunes Guerreiro Júnior


                Constantino Alves Pereira


                Miguel Antonio da Silva


                Germano José Guedes


                João Gualberto da Fonseca


                Joaquim Nogueira Soares Vieira.


Este velhinho panfleto circulou por Chaves em 1863 e é mesmo “…Eloquente…” e não é “ …assim tão ultrapassado!?...”


Resta agradecer a Manel Sarmento Pizarro o ter-nos facultado este precioso documento para publicação que demonstra bem a garra dos nossos flavienses do Século XIX, que bem nos podiam servir de exemplo…


 

publicado por Fer.Ribeiro às 03:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Bravo a 11 de Setembro de 2006 às 17:31
Venho pedir desculpa e corrigir o erro que cometi no anterior comentário. Efectivamente quem assina o "panfleto" é o meu trisavô, o poeta Inácio Pizarro de Morais Sarmento e não o seu neto, com o mesmo nome, como erradamente o disse.É porém verdade existir entre ele e o Dr. António da Silva Bravo e Carvalho um mau relacionamento pessoal por uma questão de partilhas.


De Bravo a 10 de Setembro de 2006 às 17:04
Não sei se parecerá mal que o 1.º comentário seja o do pai de quem forneceu o documento que, como já foi referido, tem o seu valor histórico. Permito-me realçar esse valor pelo espiírito de união que, na altura, existia entre os favienses em defesa da sua região, por estar assinado por dois meus ascendentes, Inácio Pizarro de Morais Sarmento (neto do grande escritor com o mesmo nome,irmão de minha avó)e o Dr. António da Silva Bravo e Carvalho (meu bisavô)que estavam de relações cortadas por contendas judiciais de grande importância.
Se fosse hoje!!!


Comentar post

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. De “Almanaque de Chaves” ...

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds