Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

António Feliciano, 1922- 2010.

 

 Época de 1958-59, jogador-treinador, é o segundo em cima, sentido, esq/drt.Época de 1962-63, treinador.

 Época de 1975-76, regresso a Chaves, além de treinador da equipa principal, era tambem responsável pelas camadas jovens.

 

Faleceu no passado dia 14 de Dezembro com a bonita idade 88 anos António Feliciano, antiga glória do Belenenses das décadas de 1940/50, onde foi campeão nacional, 1945-46, e internacional A por 14 vezes. Nascido em 19 de Janeiro de 1922 na Covilhã, veio ainda muito jovem para Lisboa, onde aos 17 anos começou a jogar no Casa Pia Atlético Clube e cedo se fixou na equipa principal como defesa-central de grandes recursos, dando nas vistas sendo contratado pelos azuis de Belém, clube que representou durante mais de uma década ao mais alto nível. A sua ligação ao Desportivo de Chaves começa na época de 1957-58, onde exerce as funções de jogador-treinador durante três (3) épocas consecutivas, ou seja, até 1959-60. Depois de duas épocas (2) por outras paragens, novo regresso Chaves, desta vez já retirado como jogador, exercendo apenas as funções de treinador, 1962-63 e 1963-64, é tambem autor de um projeto muito inovador para esta altura, a criação de de uma escola formação, desta "fornada" sairíam carques como: Pavão, Lisboa, Rendeiro, Melo, Malano, Branco.... Em 1964-65 foi convidado para treinador das camadas jovens do Futebol Clube do Porto, onde permaneceu no cargo durante vários com imenso sucesso, mas como não há duas sem três, novo regresso a Chaves na época de 1975-76. Há muitos anos que tinha fixado residência na zona Orense em Espanha, contava com 88 anos de idade.

publicado por hpserra às 17:57
link do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Anónimo a 17 de Dezembro de 2010 às 23:04
Ao Antonio Feliciano, paz á sua alma, e á familia as minhas condolencias. Que falta fazem ao futebol Portugues mais FELICIANOS.
Vamos meus amigos aos nomes do craques de então, na foto da época de 58/59 em pé o segundo é o feliciano, o terceiro é o Adáo,. Na 1ª fila o terceiro parece-me o Rosário e o quarto penso que é o Cardoso.
Vamos á foto da época 62/63 Em pé:
Feliciano ; Quim ; Lisboa ; Domingos ; Malano ; Amorim ? e Taborda?
De cócoras: Aurélio ; Luis ; Amador ; Cardoso e Bernardes


De M. Costa a 20 de Dezembro de 2010 às 22:33
Estas fotos transportam-me á minha infância e juventude, como me lembro de nessa altura sair da escola (Agora Dr. , Júlio Martins) para ir ver os treinos do Desportivo então orientados pelo Saudoso António Feliciano, Cá dentro morava um desejo de um dia poder vestir aquela camisola como o Pavão o Lisboa o Rendeiro o Melo, o que veio a acontecer na época 70/71, depois imigrei para a capital até hoje. A propósito haverá alguém que tenha uma foto da equipa de juniores dessa época (70/71) adianto alguns nomes dessa equipa: Aleixo; Pepe ; João Tarzan ; Carlitos ; Barreira ; Costa; Chiquinho ; Eloi Ribeiro ;André; Cruz; Betinho.


De bernardes ex-furriel a 22 de Dezembro de 2010 às 20:39
Ao grande mister Feliciano os votos que descanse em paz. Em boa hora fui chamado a prestar serviço militar na histórica cidade da Flávia. Tive a honra de fazer parte de uma grande equipa da época de l962/63. A foto é da equipa que venceu o Torneio da Páscoa em Verin a equipa do Burgos por 3-0.Tive tambem a honra de participar no casamento do mister Feliciano com a D.Maria da Luz Angelus em Maceda-Orense.
Para todos os amigos de Chaves um grande abraço de saudade
Bem Hajam


De a.marques a 19 de Dezembro de 2010 às 13:03
Parece que foi ontem a já longínqua época 1962/63. Nessa altura fiz parte da equipa de juniores onde esteve também o Jesualdo Ferreira que viria a destacar-se no futebol como treinador. Tomo a liberdade de lembrar aqui outros nomes que recordo dessa fornada: Ramin , Jesualdo, Tora, Lopes e Tozé, Garcia, Herculano e Malásia, Zé da Europa, Victor e Aarão. E o Martins, e o Abel, e o Zé Fernanda que me lembre. Que estes jovens sexagenários se apresentem aqui para uma palavra. E fica o pedido para quem tiver fotos desse tempo que as possa divulgar neste espaço flaviense. De Feliciano, todos guardamos para além do treinador, a figura do amigo mais velho e afectivo conselheiro.


De Nuno A Pereira a 19 de Dezembro de 2010 às 19:45
Paz à sua alma e as minhas condolências à esposa Dª Maria de Los Angeles e à filha Fátima. Mais um que partiu e que tinha um amor à cidade de Chaves como poucos, numa entrevista feita pelo jornal "a Bola" vai para uns anos dizia apenas isto: "Gostaria de ter nascido em Chaves e é lá que quero ser enterrado"(sic), não sei se esse seu desejo foi cumprido, oxalá que sim. A sua filha Fátima, diz isso nessa entrevista, foi registada como flaviense apesar de ter nascido em Espanha.
É bom que nos lembremos que a sua famosa "escola" deu frutos que se "aguentaram" até à subida e manutenção na segunda divisão.Foi um dos que formou as célebres "Torres de Belem" a par do Vasques e Serafim .
Quanto a mim, pobre emigrante nos "States" e que o aprendi a admirar nos meus tempos de estudante foi um dos poucos que serviu o nosso Desportivo sem pensar em vaidades. A par dele, embora noutro campo, só a falecida Dorinha, a tal que ninguem lembra. Se ela em vida se tem lembrado de apresentar contas dos "caldos" que deu a tanto jogador do Chaves gratuitamente de certeza que o "homem de Vila Pouca" corava de verrgonha.


De QB a 27 de Dezembro de 2010 às 17:34
Caro amigo, agradeço as palavras de apreço na parte que me toca, ou seja ter-se lembrado de minha falecida mãe Dorinha .
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caro amigo, agradeço as palavras de apreço na parte que me toca, ou seja ter-se lembrado de minha falecida mãe Dorinha . <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Efetivamente</A> ela foi como uma mãe para tanto jogador que passou por Chaves. <BR>Nunca pediu nada em troca. <BR>Só uma coisa lamento, aquando do seu funeral, ninguém do Desportivo apareceu a homenageá-la.Paciência , são outros os tempos. Um abraço do Quim Barrigas.


De fjr - barreiro a 29 de Dezembro de 2010 às 11:06
Quim sabes qual a maior homenagem que se pode fazer á tua querida MÃE? É nós o povo os flavienses que amam a sua terra e que tiveram o privilégio de a conhecer NUNCA A ESQUECERMOS.
UM Abraço para ti e um BOM ANO


De QB a 31 de Dezembro de 2010 às 17:49
Caro amigo, obrigado.As atitudes ficam com quem as toma.
Um melhor 2011 para todos os Flavienses.


De Nuno A Pereira a 1 de Janeiro de 2011 às 21:58
Estava muito longe de algum familiar, muito menos um filho, da falecida Dorinha ler o meu comentário.
Ficou agradecido, o Quim Barrigas, mas deixe que lhe diga, pela minha parte disse muito pouco sobre a grandeza da sua mãe. Devia ter dito que o Desportivo de Chaves lhe deve ou melhor devia muito; devia ter dito que me apresentassem uma pessoa que tenha feito tanto pelo Desportivo de Chaves como a sua falecida mãe, devia ter dito (eu não o sabia) que a falta de alguém ligado ao "nosso" Desportivo no seu funeral é imperdoável.
Quim Barrigas um abraço e muitas felicidades para o ano 2011 e acredite que se alguém se quiser por em "pontas de pés" para ofuscar a colaboração da sua mãe, eu estarei na primeira fila para o apoiar.
Um abraço do
Nuno


De QB a 2 de Janeiro de 2011 às 22:19
Caro amigo Nuno, como atrás afirmei, as atitudes ficam com quem as toma. De modo que o que lá vai lá vai.
Sei que ela e meu pai estarão algures em descanso,mas certos de que algo fizeram pelo Desportivo.Outros que sigam , querendo, o seu exemplo.
Um abraço muito grato.
Através de amigio comum, sei que não vive em Portugal. Eu vivo em Almada.Quando quiser contactar-me, se cá vier é só avisar,ok?


De Costa a 5 de Janeiro de 2011 às 21:28
QB conheci perfeitamente a sua mãe, DORINHA o que ela fez pelo Desportivo e não só, pois eu também sou flaviense de gema,( A sra Prazeres e o sr. Alfredo empregado do Faustino, dizem-lhe alguma coisa? Pois eram os meus pais. Fico agora a saber que o meu amigo vive em Almada, cidade onde eu vivi e trabalhei durante 36 ano.
Actualmente vivo no Concelho do Seixal.
Vamos continuar a divulgar a nossa terra. Porque ela merece.
Um abraço FLAVIENSE


De a.marques a 18 de Janeiro de 2011 às 11:36
Quem pode informar como se pode adquirir o livro "RECORDANDO PARA FAZER HISTÓRIA" - 40 anos de vida do Desportivo de Chaves, da autoria dos flavienses António Saldanha e Álvaro Coutinho ?


De M. Costa a 18 de Janeiro de 2011 às 23:12
Tanto quanto sei um dos autores do livro ÁLVARO COUTINHO ainda é director do GD Chaves, provavelmente se entrar em contacto com o Desportivo não será difícil conseguir o livro aqui fica o Telef . 276 340 480


De a.marques a 19 de Janeiro de 2011 às 08:24
Muito obrigado, vou fazer isso. A. Marques no Barreiro


De julio vasques a 8 de Fevereiro de 2011 às 22:28
Para Quim Barrigas Lamento rpfundamente que uma representacao do Meu/noso Desportivo de Chaves , tenha faltado ao funeral da tua excelentissima mae. Tenho que dize-lo abertamente que se isso aconteceu, foi, porque na direccao estavam poessoas que desconheciam por completo a vida do clube, pois de contrario teinham a obrigacao de saber quanto bem a D.DORINHA fez a muitos jogadores do club, sem vaidade, mas apenas por amor ao G.D.C..Um abraco ao Ze Augusto.


De julio vasques a 8 de Fevereiro de 2011 às 22:19
Para a.marques:Ha bem pouco tempo, o filho do snr.Zeca do Quiosque do Arrabalde, mostrou-me uns desses livros.Pode ser que ainda tenha para venda.Cumprimentos.


Comentar post

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

. O livro “Azulejos da Egre...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds