Sexta-feira, 21 de Abril de 2006

Escolas do Desportivo, 1954.

Escolas-1954-gdc.0o.jpg
Outra bela relíquia dos tempos do mestre Feliciano, e desta bela "fornada" de putos, isto não falando do Pavão, quatro (4) deles chegaram à equipa principal do Desportivo, senão vejamos: Roriz (g.r.) Melo, Lisboa e Malano, isto numa altura em as dificuldades logísticas não seriam de certeza poucas, é obra!! Á direita vemos um ilustre flaviense, o sr. "Lila" Geraldes que tería acabado de pendurar as botas e era nesta altura dirigente do clube.
publicado por Fer.Ribeiro às 20:55
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De J. Pereira a 26 de Abril de 2006 às 11:49
Peço desculpa por esta minha incorrecção, mas já lá vão 42 anos de ausencia. Quando vi o nome de Beto Costa trouxe-me logo dúvidas, mas é de facto assim. Obrigado pelo esclarecimento. Também as oficinas de um e outro eram perto, por isso, também, aminha confusão. Também me lembro de um jogador miúdo de Chaves chamado Armando Jorge que estudava no Colégio de S.º Amaro e que foi para o Braga. Era um excelente avaçado de centro.


De francisco Rodrigues a 24 de Abril de 2006 às 16:34
Lembro-me bem da morte deste senhor num jogo em Vila Real. O Zéquita estava a jogar. Nesta altura o filho do Zeca do Quiosque andava comigo na escola da Lapa.


De quim barrigas a 24 de Abril de 2006 às 16:06
Sem querer entrar em polémica, caro amigo, que eu me lembre, o pai do Zéquita, do Adriel e do Zeca do Quiosque, era o Beto Costa, com oficina no Canto do Rio.E não o João Manco.
O João Manco tinha oficina na Madalena e não faleceu em 62(já era eu adulto quando ele faleceu)
Quem faleceu em 62/63 foi sim, o Beto Costa no tal jogo com o Vila Real.


De J. Pereira a 24 de Abril de 2006 às 12:15
Caro Quim Barrigas. Na sua meninice é natural que o dono da oficina tenha sido o sr. Beto Costa, pois o sr. João "Manco", (como era conhecido)faleceu num por volta de 1962-63 a ver um jogo de futebol em Vila Real. Esta é a versão que eu possuo dos factos e se não é assim peço imensa desculpa e que me corrijam, por favor, para não haver falsas interpretações.


De quim barrigas a 24 de Abril de 2006 às 11:24
só uma pequena correcção caro J.Pereira: o dono da oficina era o Sr. Beto Costa e não João, oficina essa onde na minha meninice, eu, o Jime, o Gusto Serra e outros, passávamos o tempo metido dentro dos carros que ele tinha, quais "INTOCÀVEIS"...


De J. Pereira a 23 de Abril de 2006 às 22:31
O João Neves era de facto irmão do Pavão e é actualmnte presidente de uma Funta de Freguesia urbana de Chaves, Também havia o Zé Neves, a Helena e o Augusto? (o mais novo). Neste tenho dúvidas.


De J. Pereira a 23 de Abril de 2006 às 22:28
Aqui está o início de 2 grandes fornadas do Desportivo. A 1.ª, do Melo e do Lisboa, com algumas faltas aqui representadas, como o Novais, o Garcia, o Fernando e ao Adriel (irmão do Zequita e do sr. Zeca do quiosque e não cunhado). Eram filhos do sr. João que tinha uma oficina junto à ponte romana, do outro lado da pensão Comércio). A segunda fornada está aqui representada pelo Pavão e pelo Ramin. É a fornada do Rendeiro, Branco, Geraldes e mais. é a minha geração.


De humberto serra a 22 de Abril de 2006 às 08:16
Ah!! Sim o Zequita, cunhado do sr.Zeca do Quiosque do Arrabalde, do João Neves é que não me recordo, sería familiar do "Pavão", ou é coincidência?


De J. Pereira a 22 de Abril de 2006 às 01:41
Além dos quatro "putos" mencionados também me recordo de ver jogar na equipa principal o Zequita e o João Neves.


De julio vasques a 23 de Junho de 2009 às 15:53
Em grande parte,esta geracao perdeu-se para o futebol devido a guerra no Ultramar,para onde a maioria foi mobilizada dando -se portanto o seu desaparecimento para o futebol.


Comentar post

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Pelos 125 anos da Associa...

. Alberto Alves

. O livro “Azulejos da Egre...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds