Segunda-feira, 15 de Agosto de 2011

Linha do Corgo, finais de 1980's.

 

Vinte e um (21) anos depois, o encerramento da Linha do Corgo é um tema que ainda mexe com a memória de muitos transmontanos, em particular com os aguiarenses e flavienses, é que alem do encerramento, a sua quase imediata e total remoção da mesma casou ainda mais indignação, isto perante a total passividade dos autarcas que então lideravam as respetivas câmaras de Chaves de Vila Pouca de Aguiar. A ímpar beleza deste trajeto fazía as delícias de imensos fotógrafos nacionais e estrangeiros, só os governantes do poder central e local é não viram.

 

Origem das fotos: http://pro.corbis.com  autor: Tony Arruza.

publicado por hpserra às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 3 de Julho de 2011

Azenha do Agapito/Poço do Leite, década de 1920.

 

Este belo e raro postal é um excelente registo de uma manhã de Outono na Azenha do Agapito/Fonte do Leite, aos primeiros raios de sol no meio de nevoeiro ainda espesso (bruma) vê-se uma lavadeira (!) na sua labuta, que era o penoso trabalho de lavar roupa no rio, uma das várias atividades que criava uma relação muito próxima entre o Tâmega e as pessoas, pesca, recreio, banhos... Atualmente, com a intervenção nas margens levada a cabo pela autarquía desde Outeiro Seco a este local, reaproximou os flavienses do rio, mas obviamente que os tempos são outros, não para lavar roupa nem para pesca-sustento mas sim para atividades lúdicas.

publicado por hpserra às 08:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Praça de Camões, início de 1940's.

 

 

 

Bela e invulgar fotografia da Praça de Camões há cerca de setenta (70) anos atrás, o saudoso olmo/negrilho centenária árvore que foi abatida por volta de 1970, embelezava e refrescava, coisa que nos dias de hoje não se desfruta de tal privilégio, exceção feita aquela árvore em frente à Igreja Matriz. Mais, alem das já existentes havia a preocupação de plantar mais árvores como se pode ver mesmo ao lado do militar, nesta época, separados pela Igreja da Misericórdia, funcionavam por aqui o Hospital e o Edifício da Guarda Principal (Quartel) este último no atual Museu da Região Flaviense.

 

publicado por hpserra às 21:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 29 de Maio de 2011

Postal de finais de 1970's,

 

Este postal reporta-se ao final da década de 1970 ou início de 1980's com quatro (4) aspetos da cidade; no interior dos Balneários Termais, no Rio e na Torre de Menagem. Três (3) décadas separam estas imagens da atualidade, obviamente que as diferenças são muitas, o jardim à volta da Torre de Menagem ainda não existia, este pormenor é digno de realce, diríamos mesmo que é uma exceção à regra, dado que quase tudo que era  espaço verde deu lugar a menos verde, árido ou empedrado, neste postal há um exemplo mais que flagrante do que acabamos de dizer, o antigo Parque de Campismo que era uma pequena densa mancha verde, está hoje menos verde, embora não seja dos casos mais merecedor de críticas. E para terminar, aquele pormenor do barco da frota do "Redes" provoca a tal "lágrimazinha" no canto do olho..."cheirinho" a rio, coaxar das rãs...

 

publicado por hpserra às 22:21
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

Festa da N.ª Sra. das Brotas, finais da década de 1950.

 

No Domingo seguinte à Páscoa realiza-se a festa em homenagem à N.ª Sra. das Brotas, este evento religioso consiste numa romaría à capela no interior do Forte de S. Neutel, seguido de uma frugal refeição considerada como uma oferenda à santa, outro pormenor curioso nesta festa era quando o Estabelecimento Prisonal de Chaves era no interior do Forte, aproveitava-se a ocasião para presentiar os reclusos com comida.moedas, tabaco... Esta festa tem entrado em declínio, nos dias de hoje, limita-se a poucas dezenas de resistentes.

 

Estas fotos foram gentilmente cedidas por Fernando Reis.

 

publicado por hpserra às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

Rio Tâmega/ Ponte Romana, década de 1970.

 

Uma imagem que não vale mil mas sim um milhão de palavras, o Rio Tâmega "purex" da "belle époque", nos dias muito quentes de Verão libertava um aroma muito agradável,  o seu fundo era "forrado" com o verde dos limos* e formatados pela corrente. De quem sería o barco, da frota do "Redes" ou do "Lombudo"? Resta-nos ficar com a habitual lagrimazinha no canto do olho porque este belo postal é muito convidativo a isso, não acham?

 

* Tipo de alga.

publicado por hpserra às 21:19
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

Jardim Público, década de 1970.

 

Caros flavienses- Nós bem gostaríamos de não estar aqui de vez em quando a ser chatinhos, mas a verdade é esta, quando nos deparamos com imagens de espaços verdes com algumas décadas e comparamos com atualidade, a conclusão é quase sempre a mesma, ou seja, os referidos espaços são/estão quase sempre menos verdes, e quando dizemos isto não é em vão, porque as "peladas" são muitas e o Jardim Público é uma delas, e se alguem duvida, basta tirar uma foto neste mesmo local e compare. Não queremos tambem levar tudo ao extremo, que antigamente era/estava tudo melhor, o Jardim Publico estava mesmo a precisar de uma intervenção, mas com o acompanhamento de um biólogo e não apenas de "engenheiros-pólis".

publicado por hpserra às 08:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Vista parcial, final do século XIX/ início do século XX.

 

Um belo e raro já centenário postal da então vila de Chaves ( a elevação a cidade foi só em 1929), dizemos raro porque nós "ChavesAntiga" nunca tinhamos visto uma imagem onde são visíveis alguns pormenores muito interessantes, senão vejamos: A passagem ou escadaría metálica da antiga Pensão Comércio* para a Ponte Romana ainda não existia, e é este em nosso entender o pormenor mais interessante neste belo postal ilustrado em sépia, mas a há ainda mais outro que não deixa de ser menos curioso, se repararem lá em cima à direita é bem visível a Capela da Lapa e as casas adossadas ao Forte de S.Francisco, demolidas há já cerca de de quatro (4) décadas, nos dias de hoje sería impossivel desta perspectiva observar tal pormenor

 

* Nesta época chamava-se Hotel Comércio.

publicado por hpserra às 16:57
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 13 de Março de 2011

Largo 8 de Julho, década de 1920.

 

O Largo 8 de Julho, popularmente conhecido por "Anjo", é um dos locais do centro histórico da cidade que já sofreu significativas transformações, mas tal como nos outros locais, o resultado final é sempre o mesmo, ou seja, substituir uma zona verde por empedramento. E ainda nos dias de hoje se nota que não se aprendeu a lição de que é necessário não só preservar as zonas verdes, como até criar mais, os verões no interior são carcterizados por imensos dias de temperturas máximas muito altas, quando mais verde existir menor é o impacto do calor, em particular as árvores de folha caduca, que são o ideal para minimizar o efeito das vagas de calor que quase todos anos fustigam o interior do nosso país. Será assim tão difícil de interiorizar uma coisa tão obvia?

 

 

publicado por hpserra às 16:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 5 de Março de 2011

Praça de Chaves na Idade Média vista por Duarte de Armas.

 Vista do lado nascente, vendo-se em primeiro plano a Ponte Romana e a Madalena (esq.), repare-se que já nesta época havia construções em cima da ponte em ambas as margens.

 Vista do lado poente, vendo-se lá em cima à esquerda  o Castelo de Monforte.

 Ainda do lado poente mas mais em pormenor, o torreão e a cruz situavam-se onde hoje está o Largo 8 de Julho, "Anjo", mais em baixo está uma ponte  de três (3) arcos apenas que talvez se localizaría onde está atual ponte de Sto. Amaro*, na Avenida Tenente Valadim, ou muito próximo deste local.

 

* A atual ponte de Sto. Amaro foi construida em finais do século XIX, 1891.

 Mais outro pormenor do lado poente, a ponte tambem de três (3) arcos será provavelmente a que se encontra atualmente atrás do Pavilhão Termal.

 

N.B.-Estas gravuras estão um pouco desproporcionadas, daí as nossas reservas quando à localização de certos detalhes.

 

Fonte destas gravuras: "LIVRO DAS FORTALEZAS DE DUARTE DE ARMAS"

publicado por hpserra às 14:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011

Jardim do Tabolado, década de 1960.

 

O belo Jardim do Tabolado no tempo da "belle époque", sem intervenções desastrosas; sem piscina ( esta devería ter sido construida onde se ergueu o horroroso "mamarraxotel") sem "courts" de tenis... apenas jardim. Construido no início da década de 1960, durante o excutivo camarário de Davide Ferreira, fazia as delícias dos flavienses em especial nas noites quentes de Verão, que dada a próximidade do rio (quando este tinha uma saude que infelizmente agora não tem), era uma mescla de aromas agradáveis jardim-rio com o coaxar das rãs a fazer uma espécie de música ambiente, não esquecendo tambem os lindos candeeiros em forma de cogumelos a ladearem as bancos de madeira parecidos com os do saudoso "Texas", para terminar, se repararem lá em cima, à esquerda da torre dos sinos da Igreja Matriz, vê-se o tambem saudoso olmo/negrilho barabaramente assassinado no final da década de 1960, foi um início de uma péssima moda que é o empedramento de zonas verdes.  Para os mais novos, esta descrição pode ter contornos de fantasía, mas é mais do que verdade, testemunhas não faltam...

 

Este postal foi gentilmente cedido por João Junqueira.

publicado por hpserra às 11:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

Hotel Trajano.

 

Nas duas (2) últimas décadas fecharam várias pequenas unidades hoteleiras em Chaves, a maior partes delas talvez não tenha  resistido aos sinais de mudança e exigência das normas que atualmente que regem este setor. O Hotel Trajano, uma pequena mas boa unidade hoteleira surgida no início/meados da década de 1960 fechou à relativamente poucos anos, neste caso é capaz de ter resistido à próximidade da concorrência (isto para não estar a fazer publicidade a um hotel que os flavienses sabem muito bem ao qual nos referimos), situada na Travessa Candido dos Reis, teve o seu periodo aureo nas décadas de 1960 e 70.

publicado por hpserra às 17:41
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 30 de Janeiro de 2011

Rio Tâmega/ Ponte Eng. Barbosa Carmona, década de 1970.

 

 

 

Quando se fala do antigamente, normalmente só se fala do que era melhor, porque do que era pior, costuma-se ocultar, e claro está que aqui o "ChavesAntiga" não é nenhuma exceção. Nunca ou pouco se fala do era pior; as vias de comunicação, nem auto-estradas nem estradas, era algo um pouco ( mas muito pouco!) melhor que caminhos de cabras, televisão nacional era apenas o 1º Canal, porque o 2º era apenas uma miragem, pavilhão gimnodesportivo e piscinas públicas eram tambem parte o imaginário, assim como um campo de futebol relvado, uma equipa na 1ª Divisão.... Mas há uma coisa do qual não existe a menor dúvida, é nada mais nada menos que a qualidade do meio ambiente,  e o Rio Tâmega é uma testemunha mais que credível; aquele agradável cheiro a rio em dias quentes de Verão, o coaxar das rãs, o mexilhão, a pesca artesanal ( na imagem) com o tradicional cesto a tiracolo em verga onde se traziam a s minhocas para o isco, as lavadeiras (na imagem), os barcos do "Redes" e do "Lombudo", as praias fluviais da Galinheira, do Açude, da Azenha.......

publicado por hpserra às 12:26
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

Capela de Nossa Senhora da Lapa, 1959.

Foto atual do interior da Capela.

 

Os nossos monumentos sofreram bastantes adversidades para chegarem aos nossos dias; danos bélicos, saques, vandalismo, erosão do tempo e incúria.  A Capela de Nossa Senhora da Lapa, pequeno belo exemplar barroco construído na segunda metade do século XVIII, talvez apenas se livrado de danos bélicos, veja-se pelas fotos a preto e branco  datadas de 1959, ao estado a que se deixou chegar este monumento setecentista, em particular o seu interior que assim se manteve até final da década de 1960, altura em que começou o seu restauro.

publicado por hpserra às 17:22
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

Chaves - Jardim Público

 

 

 

Uma imagem dos inícios do Jardim Público, ou seja, sem qualquer dúvida, uma imagem com mais de 100 anos. Às vezes é bom recordar a grandeza com que se projectava no passado.


 

 

publicado por Fer.Ribeiro às 01:53
link do post | comentar | favorito

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Lumbudus

blog-logo

.posts recentes

. 1972, demolição das últim...

. Campo da Fonte, soqueiros...

. Blog Chaves Antiga com eq...

. Jardim do Tabolado, inicí...

. Praça da República, 1952.

. Praça de Camões, década d...

. Túmulo do I Duque de Brag...

. No interior do velho e sa...

. Equipa de voleibol da Esc...

. "Garagem Central", finais...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds