Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES ANTIGA

chaves.antiga@sapo.pt

CHAVES ANTIGA

chaves.antiga@sapo.pt

O Almanaque de “O Comércio de Chaves” para 1937

23.04.16 | António Alves Chaves

Tal como prometemos no anterior post sobre o Almanaque de Chaves de 1949, aqui estamos para falar sobre o seu percursor, o Almanaque de “O Comércio de Chaves”, publicado nas vésperas da Feira dos Santos de 1936, mais precisamente a 31 de outubro.

 

scan0001

 

O Comércio de Chaves era um jornal que se publicou em Chaves, cuja primeira edição data de 1886.

 

IMG_4875

 

À época, 1936, era seu diretor Júlio Xavier Júnior, o qual teve a lembrança de publicar um almanaque, à imagem de outras terras do país. De salientar que Júlio Xavier Júnior era o proprietário da Tipografia e Papelaria Mesquita, casa fundada em 1898, responsável pelas primeiras edições de postais de Chaves.

Folheando a sua edição de 3 de setembro de 1936, podemos ler as intenções do seu diretor em dar à luz semelhante obra.

 

ComercioChaves 1936-09-03

 

Júlio Xavier Júnior pretendia uma “edição repleta de assuntos de utilidade para todos os flavienses”. Arvorava ser uma “obra monumental, como até agora não foi possível fazer em Chaves”, sendo “Uma iniciativa de alto valor regionalista”.

O almanaque possui cerca de 200 páginas, profusamente ilustradas com fotografias (a maioria da Fotografia Alves) e gravuras das mais diversas proveniências.

 

ComercioChaves 1936-10-01

 

Nele colaboraram nomes sonantes das letras flaviense da altura, a saber: António Granjo, Artur Maria Afonso, Adriano Coimbra, E’ssepê, Santos Pinto, Godofredo Monteiro, Gastão Souza e Silva, José Lino Soto Maior, Edgar Carneiro, João da Ribeira, A. Garibaldi, Padre Silvino Nóbrega, Henrique António Pereira, J. T. Montalvão Machado, Marcolino Afonso, Mário de Jesus Ferreira, João Evangelista, Laura Leite, Augusto Costa, Aureliano Felismino, Eugénio D’Abreu Vasconcelos, Pio Augusto.

Como se pode ver na publicação de 1 de outubro de 1936, do jornal O Comércio de Chaves, o almanaque custava 5$00 (cinco escudos).

 

IMG_4879

 

Um agradecimento muito especial ao João Rodrigues, por nos ter cedido um exemplar original deste almanaque, o qual foi digitalizado, ficando ao dispor dos nossos leitores.

 

 

 

 

 

2 comentários

  • As nossas desculpas mas de fato houve uma troca de endereço. Obrigado pela chamada de atenção
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.