Quarta-feira, 6 de Agosto de 2014

Pelos 125 anos da Associação Flaviense de Bombeiros Voluntários

2.ª parte

 

Os primeiros estatutos, aprovados em 1890, foram revogados em 1906 e, são-no, novamente, em 1928. 

  

 

 

O primeiro regulamento data de 1898, sendo revogado em 1928. Também se lia, no seu art. 3ª, que esta associação foi “fundada sob a directa protecção da Câmara Municipal”, ficando “subordinada” à sua fiscalização por intermédio de inspeções.

 

 

Esta corporação tinha uma banda de música criada no ano de 1894. Em 1900, o comandante Aníbal Barros informa que a banda musical deverá ser dissolvida porque “é constituir ella um pesado encargo com que a corporação não póde.”

 

 Banda musical em frente da Escola Conde Ferreira, à Lapa

 

Sabe-se que nas comemorações do 7º aniversário (1896), foi inaugurada uma “parada-escola”, um “coreto para a banda” e um anexo à existente casa-escola e ”um gymnasio para instrução do pessoal”, factos noticiados na imprensa da época.

 

 Casa-esqueleto no antigo picadeiro, à Avenida

 

Nessa época, a corporação tinha uma classe de ginástica, tendo-se realizado um “sarau gymmnastico”, no seu teatro/barracão, à Avenida (Picadeiro), para angariar “fundos para o cofre”. O sucesso foi tanto que se repetiu. Ali foi construído a 1ª casa-esqueleto para exercícios.

 

 Uma das estações de bombeiros, localização desconhecida

 

A 9 de abril de 1908, a câmara cede aos bombeiros a devoluta Escola Conde Ferreira, por um prazo de 50 anos, a troco dos terrenos do fosso da Madalena (local pretendido pela corporação para a construção do seu quartel, pago por Cândido Sotto Mayor), sob algumas condições. Ali construíram uma casa-esqueleto para exercícios e um salão de espetáculos.

 

 

 Corpo de bombeiros em frente da Escola Conde Ferreira, na Lapa

  

A 7 de dezembro de 1911, inicia-se um diferendo entre a câmara e a corporação por causa, no dizer da câmara, do “uso abusivo da Escola Conde Ferreira”.

A 20 de fevereiro de 1924, a câmara querendo instalar uma escola infantil no edifício da Escola Conde Ferreira que é “sede e escola técnica e prática” da corporação, pede para que a corporação arranje outro local para as suas instalações. 

 

  Casa-esqueleto na antiga Escola Conde Ferreira, à Lapa

 

A direção defende-se comunicando os vários locais por onde passou, argumentando que “sede oficial para reuniões, instrução e diversão” os seguintes locais: fosso do Picadeiro, rua 1º Duque de Bragança, Rua dos Ferradores (rua 25 de Abril) e Escola Conde Ferreira e que não sairiam porque tinham compromissos com a câmara por 50 anos. 

 

 Corpo de bombeiros, em frente de uma das estações, localização desconhecida

 

A câmara “propõe intentar uma acção judicial” e, datado de 23 de maio de 1929, sai um despacho do então Ministério do Interior e Instrução Publica dizendo “presentemente na posse indevida da Associação dos Bombeiros Voluntários”, terá que ser devolvida ao seu legítimo dono, a câmara.

  

Bombeiros em exercícios na estação do Arrabalde (fotogramas extraídos de filme de 1925)

 

publicado por António Alves Chaves às 16:24
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Paulo Duarte a 16 de Fevereiro de 2019 às 13:21
Boa tarde. Sabe dizer-me de onde retirou a imagem intitulada «Uma das estações de bombeiros, localização desconhecida»?

Com os melhores cumprimentos.


De António Alves Chaves a 16 de Fevereiro de 2019 às 16:01
Boa tarde Paulo Duarte, penso que esta fotografia pertence ao espólio da Associação Flaviense de Bombeiros Voluntários, podendo ser vista numa das paredes do seu quartel.


Comentar post

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Anuário de Chaves, N.º 2 ...

. Chaves e a Crise de 1383/...

. Chaves e a crise de 1383/...

. Liceu Nacional Fernão de ...

. De “Almanaque de Chaves” ...

. A 2.ª publicação do “Alma...

. O Almanaque de “O Comérci...

. O Almanaque de Chaves, de...

. Tratado de Limites de Lis...

. Tratado de Limites de Lis...

.arquivos

. Novembro 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Links

.Crative Commons

Creative Commons License
Este Blogue e o seu conteúdo estão licenciados sob uma Licença Creative Commons.

.olhares desde 29-01-07

.Olhares on-line

online

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds